Pular para o conteúdo principal
Decoração: como as cores do ambiente influenciam no seu humor?

Veja a influência das cores no seu humor e decore sua casa com alto astral

O cérebro armazena tudo sobre o lar, até os detalhes, por isso logo percebemos quando algo nosso está fora do lugar. Se é alguma estrutura que fica destoando na decoração, vem aquela sensação de precisar ajustar sempre algum detalhe, reformando ou reconstruindo. E se a intenção é essa, por que não favorecer o equilíbrio de um ambiente que harmonize o humor e as inquietações do dia a dia? 

As cores influenciam diretamente no comportamento humano, e até para cada cultura possuem um significado diferente, como é o caso do rosa, que para os indianos é uma cor masculina. Elas fazem parte da nossa rotina, então é bom usufruir com sabedoria, conhecendo sua influência, para então decidir qual é a ideal para cada ambiente.

 

A identidade da expertise 

O amarelo aumenta o raciocínio lógico, sendo ideal para escritórios e salas de reunião. Ele se destaca melhor como decoração sobre móveis e paredes que variem do marrom ao cinza.

Em excesso pode causar ansiedade e por isso acaba sendo mais utilizado em itens decorativos do que em paredes ou temas de ambientes inteiros. 

 

Céu de calmaria

O azul possui um efeito calmante, diminui o apetite e por isso é uma cor dominante em salas comerciais, salas de estar e quartos.

Também é ideal para cômodos onde as pessoas passam a maior parte do tempo pois não cansam a visão. Ele combina como item de decoração sobre as cores branco e cinza, e pode ser a cor dominante quando o ambiente pede calma.

 

Desejo mais vívido

O vermelho estimula o metabolismo, aumenta a respiração e a pressão arterial. É uma cor para emoções mais fortes, e é bastante utilizado nas grandes marcas da indústria alimentícia.

Sua variação de tons é ideal para cozinhas, restaurantes e ambientes esportivos como academias. O uso em excesso causa estresse visual e pode até se converter em estresse emocional. Para o interior de uma casa é ideal como item de decoração sútil.

 

Equilíbrio que vem da natureza

O verde está associado à natureza e traz consigo equilíbrio emocional que combina com áreas de lazer e de descanso ao ar livre. É bastante utilizado em clubes campestres, jardins e espaços voltados para a alimentação saudável.

Em decoração, pode ser uma parede inteira da casa, desde que em tons leves. Os tons mais escuros de verde ficam bem sobre qualquer cor mais clara e garante  seriedade ao ambiente.

 

Neutralidade básica

O preto elenca modernidade e sofisticação, destaca as demais cores sobre ele e pode até proporcionar um efeito de profundidade.

Em excesso ele pode soar negativo e pesado, sendo mais utilizado apenas para favorecer contornos, por isso raramente vemos um ambiente usando o preto como cor dominante. 

 

O coringa de qualquer decoração

Plano de fundo das composições harmoniosas e famoso como o clássico ‘coringa’, o branco transmite calma, pureza e está associado a esterilidade das coisas, por isso é frequente em hospitais e banheiros. Pode ser utilizado tanto para destacar cores sobre ele como se destacar sobre as cores, como é o caso das persianas antigas que carregam esse tom clássico.

A cor é o que estampa a personalidade de uma decoração. Ela pode até disfarçar ou atenuar algumas imperfeições de projetos arquitetônicos, mas é a incidência da luz o seu destaque.

 

Agora que você já sabe como influenciar humores com a cor, descubra abaixo o modelo ideal de Cortina ou Persiana para controlar a iluminação natural do seu jeito e imprimir com bom gosto a sua identidade no conforto do seu espaço.